MPF abre investigação contra Paulo Guedes, guru de Bolsonaro

A Procuradoria da República no Distrito Federal abriu oficialmente investigação contra o economista Paulo Guedes, guru do candidato à presidente Jair Bolsonaro, no âmbito da Operação Greenfield. O Ministério Público Federal do Distrito Federal (MPF-DF) investiga Guedes por crimes de gestão temerária ou fraudulenta de investimentos de recursos de fundos de pensão.

A força-tarefa responsável pela operação já havia, no início do mês, declarado aberta uma investigação preliminar contra Guedes. Durante a apuração, um outro caso de possível fraude foi descoberto. O economista deve ser chamado para depor em breve. A informação foi publicada primeiramente pelo jornal O Globo.

A Greenfield investigou, primeiramente, pagamentos de propina em fundos de pensão. Ao longo de seis anos, o economista captou ao menos 1 bilhão de reais de fundos como Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobras), Funcef (Caixa), Postalis (Correios), além do BNDESPar, braço de investimentos do BNDES.

Os negócios foram feitos pela empresa BR Educacional Gestora de Ativos, que pertence ao economista. Ela lançou dois fundos de investimentos que receberam, das entidades das estatais, 1 bilhão de reais em seis anos. Entre 2009 e 2013, um dos fundos obteve 400 milhões de reais para projetos educacionais. Os investigadores apuram se o negócio foi aprovado sem análise adequada.

Fonte: Veja
MPF abre investigação contra Paulo Guedes, guru de Bolsonaro MPF abre investigação contra Paulo Guedes, guru de Bolsonaro Reviewed by Agmar Rios on 10/26/2018 01:32:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário