Roque da Luz apresenta projeto declarando como Patrimônio Cultural Imaterial a Festa da Padroeira de Mairi

O Vereador Roque da Luz que viabiliza energia para os Mairienses, apresentou o Projeto de Lei n° 1.522/2018, que declara a Festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores do Município de Mairi e suas manifestações culturais como Patrimônio Imaterial do Município, deve-se fazer parte do nosso acervo histórico e cultural.

A festa de Nossa Senhora das Dores padroeira de nossa paróquia, como de costume, os festejos terão início com alvorada saindo da Igreja Matriz encerrando no dia 15 de setembro com procissão pelas ruas da cidade por mais de 100 (cem) anos de história e tradição em nosso Município. Durante as novenas tem missas, louvores, devoção, quermesse, noites culturais, vários pregadores e muito mais.

Nossa Senhora das Dores ou Mater Dolorosa (Mãe Dolorosa) é um dos vários títulos que a Virgem Maria recebeu ao longo da história. Este título em particular refere-se às sete dores que Nossa Senhora sofreu ao longo de sua vida terrestre, principalmente nos momentos da Paixão de Cristo.

Trata-se de uma devoção muito antiga, na qual Nossa Senhora é venerada enquanto tendo sido traspassada, no alto do Calvário, por uma espada de dor, à vista da Paixão e Morte de seu Divino Filho. Nossa Senhora das Dores uniu-se perfeitissimamente ao sacrifício do Redentor, pelo que mereceu ser chamada por muitos santos e teólogos “Corredentora do gênero humano”.
Roque da Luz apresenta projeto declarando como Patrimônio Cultural Imaterial a Festa da Padroeira de Mairi Roque da Luz apresenta projeto declarando como Patrimônio Cultural Imaterial a Festa da Padroeira de Mairi Reviewed by Agmar Rios on 9/13/2018 09:43:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário