O que tem em Mairi - Cordel de Salvador Carneiro

Salvador Carneiro (Dodô da Baixa Funda).
O que tem em Mairi.

Centro-norte baiano
Aqui Deus fez surgir
Com exuberante beleza
E vontade de progredir
Essa promissora cidade
Ufanar de felicidade
A nossa querida Mairi

Teus filhos a jactar-se de te
Expressa carinho e amor
Pois tu és linda expressão
Que em nosso peito cravou
O grande bem da natureza
A essência da tua beleza
É como o perfume da flor

Não foi do acaso que surgia
Neste céu o esplendor
Onde os mairienses jubilam
Com pujança e vigor
No peito não se encerra
O amor por essa terra
Supera qualquer dor

Mairi também agradece
Aos seus desbravadores
Que nos deixou esse legado
De homens de grandes valores
Também eu quero saudar
Com amor e louvar
A nossa Senhora das Dores

Mairi eu venero
As cores da tua bandeira
Relembro quando criança
Desfraldei a vez primeira
No rumo do teu progresso
Quero saudar nos meus versos
Esta gente hospitaleira

Nossa terra tem história
Um passado cheio de glorias
De um povo sertanejo
No rosto traz alegria
Um amor que contagia
Nosso sertão brasileiro

Terra de Severino
Este bravo nordestino
Que fundou nossa cidade
Mairi de todos nós
Não cansa a minha voz
Gritar de felicidade

A nossa boa educação
Presente em cada dia
No cumprimento dos deveres
Com amor e harmonia
Com os seus bons professores
Dotado de muitos valores
Em prol da cidadania

A nostalgia nos invade
Do grande eterno sonhador
O inesquecível Alicio Leal
Que pela educação lutou
Informando esses versos
Em prol do nosso progresso
Que escrevo com amor

Mairi tem pró Silvete
Vinda de outro lugar
Que ensinou ao nosso povo
Um jeito novo de amar
Assim, Mairi vai juntando
No bojo de todo seu plano
A grandeza deste lugar

Salve a escola São José
Que o futuro está regando
É gente formando gente
Que o país está esperando
Destes jovens competentes
Que busca constantemente
E a semente vai espalhando

Sem a pró Iraci Pacheco
Nossa Mairi não brilhava
Escritora de grande talento
Na Bahia é proclamada
Com vosso consentimento
Vos rogo neste momento
Vou seguir a sua estrada

Também tem Antonio Carlos
Um psicopedagogo de valor
Que procura ajudar
Nas consignas do professor
Esse grande profissional
Com seu carinho especial
Também é poeta e trovador

Professor Barros
Homem de cultura singular
Que tanto contribuiu
Para a educação do lugar
Intelectual de primeira plana
Com suas ideias profana
Um cabedal de cultura invulgar

O colégio Abelardo Moreira
Com Sara na direção
Tem andado passos largos
E melhorado a educação
Todo conteúdo é testado
Bem treinado e aprovado
Pra ninguém ficar na mão

Tem o Getúlio e o Iraci
Escolas bastante maduras
Não vivem apenas de sonho
Se arriscam em aventuras
Buscam sempre o progresso
Transformando em sucesso
O futuro das criaturas

Tudo em Mairi é pensado
Com grande organização
Na escolha do secretário
Pra atuar na educação
Para nada ser um mistério
Escolheu-se o Professor Nilcélio
Que possui melhor formação

Aos saudosos professores
Aqueles que nos indicaram o norte
Em homenagem agradecemos
Por mudarem a nossa sorte
Continuam sempre presente
Por terem se dado por a gente
Na educação grande suporte

Em Mairi se faz presente
Um filho de grande valor
O nosso prefeito Jobope
Que a sua terra voltou
Com grande participação
Faz jus a sua administração
E agrada bem ao eleitor

Minha terra tem filósofo
Homem que nunca estudou
Também tem poeta
Cordelista e trovador
Com grande sabedoria
Que com a sua poesia
Causa inveja ao doutor

Vamos cantar um reisado
No dia 6 de janeiro?
É uma cultura milenar
Conhecida no mundo inteiro
Em Mairi se faz presente
O povo fica contente
Com piegas no terreiro

O samba também é cultura
Cantado por João de sabino
Quando pega no pandeiro
Causa em nós grande fascínio
Seu som produzido no couro
Ecoa com lindo estouro
Agrada homem, mulher e menino

Aqui também têm fazendas
Espalhada pra todo lado
Do pequeno fazendeiro
Aos grandes proprietários
Nas pastagens verdejantes
Se houve a todo instante
O som do chocalho do gado

Aqui tem carnaval
E festa da padroeira
Em São Bento, festa do milho
De qualidade primeir
No Uruçu de Mairi
Tem a festa do licuri
Em homenagem a palmeira

A Santa Cruz do Monte
Que atrai muitos turistas
Com a sua bela paisagem
Que de longe se avista
O povo faz peregrinação
Com a sua devoção
Mostra que é altruísta

Dentre as festas tradicionais
Destaca-se o São João
Onde muitos turistas
Vem pisar neste chão
Da poeira levanta pó
Dançar o nosso Carnaforró
O melhor da região

Tem o São Pedro no Angico
Festa de grande tradição
Tem festa de cavalgada
Espalhada na região
Tem a festa do licor
E quadrilhas de valor
Tudo aqui é animação

Tudo que nasce do bem
Quer contar sua história
Sabe espalhar pelo ar
A semente da vitória
Isso nos faz refletir
E parabenizar nossa Mairi
Pelos seus 121 anos de glória

Peço-lhes desculpa
Se esqueci de alguém
Essa não foi a intenção
Pois a todos eu quero bem
Aqui me disperso
Através desses versos
Mairi, parabéns!
Cordel de Salvador Carneiro (Dodô da Baixa Funda)
O que tem em Mairi - Cordel de Salvador Carneiro O que tem em Mairi - Cordel de Salvador Carneiro Reviewed by Agmar Rios on 8/05/2018 12:34:00 PM Rating: 5
Postar um comentário