UFRN inicia monitoramento dos tremores de terra no Lasca Gato, no município de Baixa Grande

Técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), iniciaram na tarde desta terça-feira, 20 de março de 2018, a instalação dos sete sismógrafos para verificar as possíveis causas dos tremores, registrados desde o fim de dezembro de 2017 na comunidade do Lasca Gato, zona rural de Baixa Grande-BA.

Os técnicos tiveram o acompanhamento de Amaral Oliveira, Secretário de Agricultura e Meio Ambiente e de Guilherme Pamponet, Secretário de Administração Geral.

Durante uma semana, os profissionais estarão na cidade instalando as outras estações e farão uma palestra aberta para a comunidade, explanando o processo de monitoramento, os objetivos da universidade, entre outras informações.

O mestre em Geofísica que atua no Laboratório de Sismologia (LabSis UFRN), Eduardo Menezes,  em entrevista ao Portal Bacia do Jacuípe, disse que o laboratório de sismologia da Universidade faz monitoramento de Atividade Sísmica em todo o território nacional e boa parte do Atlântico. Em Baixa Grande, instalação destas estações tem como objetivo, identificar a profundidade dessas atividades sísmicas.

Eduardo confirmou que desde janeiro tem identificado atividade sísmica com tremores de terra na região, uma média de 2.0 na escala Richter.

Com as estações instaladas será possível uma leitura com mais precisão.

Fonte: Bacia do Jacuípe.











UFRN inicia monitoramento dos tremores de terra no Lasca Gato, no município de Baixa Grande UFRN inicia monitoramento dos tremores de terra no Lasca Gato, no município de Baixa Grande Reviewed by Agmar Rios on 3/21/2018 12:02:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário