Após apagão, energia é totalmente restabelecida na Bahia, diz Coelba

O fornecimento de energia na Bahia foi totalmente restabelecido às 00h03 desta quinta-feira (22), após o apagão que atingiu principalmente o Nordeste e o Norte do país, nesta quarta-feira (21), de acordo com a concessionária de energia elétrica Coelba. O serviço começaram a ser restabelecido, gradativamente, pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), às 16h51 de quarta-feira.


Segundo a Coelba, das 415 cidades atendidas pela empresa no estado, 360 foram afetadas pela falta de luz. Em outras 55 não houve registro de queda energia.

Por volta das 20h17, em 100% de Salvador, a energia já tinha voltado. No entanto, no mesmo horário, no interior do estado, o serviço ainda não havia sido totalmente restabelecido.

De acordo com a Coelba, a ONS informou que, às 15h48, ocorreu uma falha de um disjuntor na subestação Xingu, no Pará, que causou desligamento automático de diversas linhas de transmissão. O problema acarretou na redução total de carga no Sistema Interligado Nacional (SIN), que é constituído por quatro subsistemas: Sul, Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e a maior parte da região Norte.

Transtornos

Por conta do apagão, na capital baiana, a população ficou sem os serviços de metrô, trens e Elevador Lacerda, deixando as estações e pontos de ônibus lotadas.

Segundo a Transalvador, quase todos os semáforos da cidade ficaram apagados. O órgão informou que deslocou todas as viaturas para monitorar o tráfego nas ruas.

Por conta disso, alguns pontos de Salvador registram longos engarrafamentos, como Lucaia, Rótula do Abacaxi, Tancredo Neves, Calçada, Barris, Largo do Tanque, Largo dos Mares, Itaigara; R. Rio Grande do Sul, Hiperposto, Av. Juracy Magalhães, Estação Pirajá, Av. Miguel Calmon, Ogunjá, Polêmica, R. Pernambuco, Av. Manoel Dias, Retiro e Bate Facho. Houve congestionamento também na Avenida Paralela.


Na Estrada do Coco, em Lauro de Freitas, também houve congestionamento nos dois sentidos.

Algumas lojas do comércio de rua fecharam as portas após o apagão. No bairro de Cajazeiras X, em Salvador, e na Estrada do Coco alguns estabelecimentos encerraram o expediente mais cedo e dispensaram os funcionários.

O apagão atingiu o aeroporto de Salvador, no entanto, conforme a assessoria da Vinci Airports Brasil, que administra o serviço, a operação não foi afetada. Segundo a assessoria, o local ficou cerca de 10 minutos sem energia elétrica, até que os geradores entraram em operação. Não houve atrasos e nem cancelamentos de voos, afirmou a empresa.

Em Camaçari, na região metropolitana, a operação das empresas do Polo Industrial de Camaçari o principal do estado, foi suspensa por causa do apagão. Em nota, o Comitê de Fomento Industrial da cidade (Cofic) informou que interrupção ocorreu por volta das 15h48, quando houve queda de energia na região.

Ainda em nota, o Cofic informou que não houve necessidade de evasão e os trabalhadores retornaram para suas residências como habitual.

A região oeste da Bahia foi a única que quase não foi afetada pelo apagão. Isso porque, segundo a Coelba, a linha que abastece o oeste do estado vem do Piauí. As únicas três cidades da região que ficaram sem energia foram: Barra, Mansidão e Buritirama.

Fonte: G1 Bahia
Após apagão, energia é totalmente restabelecida na Bahia, diz Coelba Após apagão, energia é totalmente restabelecida na Bahia, diz Coelba Reviewed by Agmar Rios on 3/22/2018 08:29:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário