Prefeito de Itabuna corta gratificação de professores

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, cortou o pagamento da Atividade Complementar (AC) dos professores do 4º ao 9º ano do ensino fundamental da rede municipal de educação. A medida atinge também os profissionais que atuam no ensino de Jovens e Adultos (EJA) e foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial do Município.

A gratificação representa 20% do salário base dos professores, que estão revoltados com a medida que, segundo eles, conta com o apoio da secretária de Educação, Anorina Smith Lima. O prefeito alega que o pagamento da AC aos professores é ilegal e cita a Lei Municipal 1.913, de 2003, e Lei Federal 11.738, de 2008.

O corte no pagamento da gratificação é retroativo ao dia 1º de setembro, o que significa que os professores de Itabuna vão receber o salário do mês com desfalque de 20%.

A presidente do Sindicato do Magistério de Itabuna (SIMPI), Maria do Carmo Oliveira, afirmou que a extensão do AC para todos os segmentos foi uma conquista em gestões passadas e que o sindicato não vai consentir com qualquer perda à sua categoria. “Nós brigamos e conquistamos no Tribunal”.

Fonte: Bahia na Política
Prefeito de Itabuna corta gratificação de professores Prefeito de Itabuna corta gratificação de professores Reviewed by Agmar Rios on 10/02/2017 07:57:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário