Mulheres de Mundo Novo participam de manifestação contra a reforma da previdência

Nesta quarta-feira, 08 de março de 2017, Dia Internacional da Mulher, aconteceu uma grande caminhada, que reuniu mulheres do campo e da cidade nas principais avenidas de Feira de Santana, na Bahia. 

Algumas mulheres, representando o Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (STTR) de Mundo Novo, marcaram presença. 

Sindicalistas, representantes de movimentos sociais, lideranças comunitárias e diversas categorias de trabalhadores participaram do evento que teve como principal objetivo protestar contra a reforma da previdência e a garantia de direitos sociais.
Elizangela Araújo, diretora da Central Única dos Trabalhadores (CUT Nacional), disse que o 8 de março marca e representa lutas em todo o mundo. Lutas das mulheres que possibilitaram melhor qualidade de trabalho e direitos trabalhistas. De acordo com ela, mesmo com tantas lutas, encabeçadas por movimentos de mulheres feministas e sindicais de todo o mundo, ainda há muitas desigualdades de oportunidades para as mulheres de todo o mundo. No trabalho, na família e em todos os aspectos da sociedade.
Terezinha Lima, do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura Familiar de Feira de Santana confirmou sobre os malefícios da reforma da previdência e destacou como tais medidas serão prejudiciais para as mulheres agricultoras. Ela disse que as agricultoras tem uma dupla jornada e a mudança de idade para a aposentadoria rural trará muitos reflexos negativos que vão afetar a sociedade de forma geral.

Informações: Site Acorda Cidade
Fotos: Acorda Cidade e Blog Dudu Locutor














Mulheres de Mundo Novo participam de manifestação contra a reforma da previdência Mulheres de Mundo Novo participam de manifestação contra a reforma da previdência Reviewed by Agmar Rios on 3/08/2017 06:19:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário