Deputado João Bacelar é vaiado durante visita de Rui a Riachão do Jacuípe, por ter votado a favor da terceirização

O deputado federal João  Bacelar (PR) foi vaiado e ‘impedido’ de discursar durante a entrega dos 28 quilômetros da nova pavimentação da BA-120, no trecho entre Riachão do Jacuípe e Conceição do Coité, realizada na manhã desta sexta-feira (24) pelo governador Rui Costa. Na obra foram investidos R$ 9,3 milhões.

Na manifestação contra Bacelar os brados eram de cobrança por ele ter votado a favor do projeto que autoriza a terceirização em todos os setores. Bacelar também nunca escondeu que era aliada do ex-presidente da Câmara dos Deputado Eduardo Cunha, preso desde 19 de outubro do ano passado.
O deputado que é da base do governo Michel Temer (PMDB) foi chamado de “golpista” pelos militantes que acompanharam a entrega da estrada.

Outros colegas políticos ainda recomendaram a João  para que não discursasse, mas ele insistiu.

VEJA O VÍDEO:
O deputado foi procurado para falar sobre os motivos quem levaram João Bacelar a votar em projetos considerados contra o trabalhador  e qual era a mensagem que ele queria passar para o público presente e os manifestantes não permitiram.

Ele iniciou a entrevista tentando minimizar o protesto a afirmar que foram sindicalistas que compareceram para vaiar e não era uma manifestação polarizada, ou seja, de todos que estiveram no ato.”Mas faz parte da democracia, encarei com muita naturalidade, até porque eu votei contra o não Impeachment da presidente Dilma, atendi a um pedido do governador Rui Costa, e estou hoje preocupado com a situação do país. Não podemos mais aumentar o índice de desemprego que já está chegando a quase 14 milhões de desempregados, e hoje precisa fazer uma flexibilização a lei trabalhista, e acho que o pessoal não entendeu, muitos sindicalistas me vaiaram, mas vejo isso naturalmente”, afirmou o deputado.

O parlamentar disse também que tem ajudado o governo do estado e lembrou que durante a semana esteve no Ministério da Integração Nacional onde conseguiu R$ 200 milhões para obras emergências de combate a seca, ” o governo precisa ter deputado em Brasília que abra a porta, porque se não tiver apoio do Governo Federal fecha a daqui, as ações grandes vem do governo federal e as pessoas tem que entender isso”, reforçou Bacelar.

Em relação a Reforma da Previdência, que está prestes a ser votada e os movimentos sociais já divulgam o nome dele como um dos votos a favor, disse que é preciso se discutir muito, pois, “ainda não foi votada e tem muita água pra passar debaixo da ponte e vamos discutir, eu não abro mão do direito dos trabalhadores, mas ao mesmo tempo precisamos fazer uma reflexão, sobre o futuro do país, os estados, os municípios e a união não aguentam mais pagar a folha, o décimo terceiro. Será que é melhor você ter o aposentado amanhã e não ter o dinheiro, ou ter o dinheiro e o aposentado um pouco mais tarde? Então precisamos avaliar isso, o que adiantar hoje ter aposentado e não estarem recebendo como é o caso de alguns estados que não estão pagando? Esse debate tem que ser discutido e precisa ser comunicado a população, mas eu tenho minha consciência tranquila e não irei votar contra o direito adquirido principalmente das pessoas mais carente do campo”, conclui João Bacelar.

Fonte: Calila Notícias / Vídeo: Bocão News
Deputado João Bacelar é vaiado durante visita de Rui a Riachão do Jacuípe, por ter votado a favor da terceirização Deputado João Bacelar é vaiado durante visita de Rui a Riachão do Jacuípe, por ter votado a favor da terceirização Reviewed by Agmar Rios on 3/24/2017 11:59:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário