Nota Pública - Secretaria da Educação de Mairi


“Se a Educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda” já dizia Paulo Freire em uma das suas mais famosas citações, todavia o cruzamento de dados disponíveis pelo rendimento escolar e o índice de reprovações, nos mostra que as turmas multisseriadas, presentes nas Escolas do e no Campo, corre no sentido contrário. Classes onde um mesmo professor ministra aulas para estudantes de diferentes níveis de desenvolvimento, ano/séries e idades, o que na grande maioria das vezes não permite uma educação de qualidade e contextualizada para a realidade da comunidade na qual estão inseridas.

Por isso, em busca de melhorias educacionais em seu contexto pedagógico, de estrutura física, e em virtude do número insuficiente de alunos, a Secretaria Municipal da Educação de Mairi realizou reuniões juntamente com a comunidade local e escolar com o objetivo de decidir em comum acordo a vida escolar dos educandos, sendo eles 13 alunos matriculados na Escola João Mota, 07 alunos matriculados na Escola Santo Antônio e 12 alunos matriculados na Escola Queimada do Curral. 

Por compreender essa necessidade, a SME migra os alunos das Unidades Escolares acima citadas, para escolas mais próximas nos povoados em que funcionam turmas seriadas da Educação Infantil e Ensino Fundamental I, que contam com a presença diária de gestores educacionais, secretários e coordenadores pedagógicos, sem contar com a estrutura adequada inclusive nos mobiliários utilizados nas turmas de Educação Infantil de modo a oferecer de fato melhorias educacionais para os alunos que se deslocarão. Vale ressaltar, que as escolas para onde os alunos foram deslocados também são Escolas do Campo, que buscam valorizar a cultura local e a diversidade em seu contexto curricular. 

É inquestionável a discussão em torno da temática dos desafios de turmas multisseriadas que ainda persiste.  Contudo, o fechamento das Escolas do Campo se dá por uma queda do número de alunos. Dentre as regiões mais afetadas norte e nordeste lideram o ranking sendo que, em 2014 foram 872 escolas fechadas na Bahia, o Maranhão aparece no segundo lugar com 407 escolas fechadas seguido pelo Piauí com 377. 

O município de Mairi reflete o quadro acima citado, podendo destacar que esse processo nos últimos 4 (quatro) anos se deu de forma acentuada no ano de 2013 quando foram fechadas 8 (oito) escolas,  das quais a gestão anterior apresentou as mesmas justificativas na qual a atual gestão vem apresentando como as demais regiões supracitadas.

Comunicação Prefeitura de Mairi
Nota Pública - Secretaria da Educação de Mairi Nota Pública - Secretaria da Educação de Mairi Reviewed by Agmar Rios on 2/21/2017 11:04:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário