Além de time da Chapecoense, avião levava 21 profissionais de imprensa


Aeronave que levava time à Colômbia caiu em uma região montanhosa. Segundo autoridades, mais de 70 morreram e 6 sobreviveram.
Narrador Rafael Henzel foi resgatado com vida do acidente (Foto: Reprodução/Twitter/Rafael Henzel)

Além da delegação da Chapecoense, o avião que sofreu acidente na Colômbia levava 21 profissionais de imprensa, que participariam da cobertura do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana em Medellín.

A aeronave caiu em uma região montanhosa, deixando mais de 70 mortos e seis sobreviventes, informaram as autoridades colombianas nesta terça-feira, 29 de novembro de 2016. Entre os resgatados com vida está o jornalista Rafael Henzel, da rádio Oeste Capital, de Chapecó.

Henzel foi levado ao Hospital de La Ceja. De acordo com o Bom Dia Brasil, ele teve lesões vertebrais, mas sua condição é estável. Ele passou por uma cirurgia devido a um trauma severo e está na UTI.

Profissionais de imprensa a bordo do avião

- Guilherme Marques: 28 anos, repórter da TV Globo desde 2013. Antes, tinha trabalhado como produtor e repórter na TV Brasil.

- Ari de Araújo Jr.: o cinegrafista de 48 anos trabalhou na TV Anhanguera de fevereiro de 1996 a novembro de 1997. Desde então, trabalhava na TV Globo no Rio de Janeiro, onde integrava a equipe do programa Planeta Extremo. 

- Guilherme Laars: 43 anos, produtor da TV Globo. Começou na imprensa escrita, tendo trabalhado no "Extra" e "Lance!". Era casado, tinha dois filhos e a mulher está grávida do terceiro.

- Giovane Klein Victória: 28 anos, repórter da RBS TV, afiliada da TV Globo, de Florianópolis. Acompanhou toda a trajetória histórica do Chapecoense na Copa Sul-Americana.

- Bruno Mauri da Silva: 25 anos, técnico da RBS, afiliada da TV Globo, de Florianópolis

- Djalma Araújo Neto: 35 anos, cinegrafista da RBS TV, afiliada da TV Globo, de Florianópolis

- André Podiacki: 26 anos, repórter do jornal "Diário Catarinense", setorista da Chapecoense

- Laion Espíndola: 29 anos, repórter do GloboEsporte.com

- Victorino Chermont: 43 anos, repórter dos canais Fox Sports

- Rodrigo Santana Gonçalves: 35 anos, repórter cinematográfico dos canais Fox Sports

- Deva Pascovicci (Devair Paschoalon): 51 anos, narrador dos canais Fox Sports

- Lilacio Pereira Jr.: 48 anos, coordenador de transmissões externas dos canais Fox Sports

- Paulo Clement: 51 anos, jornalista ds canais Fox Sports

- Mário Sérgio: 66 anos, ex-jogador e ex-técnico de futebol, atualmente era comentarista nos canais Fox Sports

- Renan Agnolin, Rádio FM: 27 anos, repórter da rádio Oeste Capital, de Chapecó

- Fernando Schardong, Rádio AM: narrador da rádio Chapecó

- Edson Ebeliny, Rádio AM: repórter setorista da Chapecoense pela Super Condá

- Gelson Galiotto, Rádio AM: narrador da rádio Super Condá, de Chapecó

- Douglas Dorneles, Rádio AM: repórter esportivo da Rádio Chapecó

- Jacir Biavatti, Rádio FM: comentarista esportivo da RIC TV; viajou para fazer cobertura a cobertura pela rádio Vang FM

- Rafael Henzel Valmorbida, da Rádio FM: jornalista da rádio Oeste Capital, de Chapecó.

Resgates

As más condições do clima só tornaram possível o acesso ao local do acidente por via terrestre, segundo autoridades do aeroporto de Medellín, onde o avião fretado deveria ter pousado.

Posteriormente, o aeroporto afirmou que as buscas tinham sido suspensas por causa da chuva forte na região. O resgate foi retomado ao longo do dia.
O avião da LaMia prefixo CP-2933 que caiu com a delegação da Chapecoense, modelo Avro RJ85, é visto em foto de arquivo de setembro de 2015 em Norwich, na Inglaterra (Foto: Matt Varley/Reuters)
Comentarista da Fox, o ex-jogador Mário Sérgio, está entre as vítimas do acidente (Foto: Reprodução/Fox)

Jogos

A Chapecoense, time da cidade de Chapecó no interior de Santa Catarina, disputaria na quarta-feira a final da Copa Sul-Americana. Essa é a primeira vez que o time chega à final de uma competição internacional.

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) suspendeu a partida e todas as suas atividades devido ao acidente.

Em uma nota oficial, o clube disse que não fará comentários oficiais até receber mais informações das autoridades colombianas.

Nota da RBS

O Grupo RBS lamenta informar que os profissionais Andre Luiz Goulart Podiacki, Giovane Klein Victoria, Bruno Mauri da Silva, Djalma Araujo Neto e Laion Machado de Espindula estavam no voo que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia.

As empresas, em Santa Catarina (Grupo NC) e no Rio Grande do Sul (Grupo RBS) estão oferecendo apoio às famílias neste momento e seguem na busca por informações oficiais sobre a situação dos colaboradores.

Fonte: G1
Além de time da Chapecoense, avião levava 21 profissionais de imprensa Além de time da Chapecoense, avião levava 21 profissionais de imprensa Reviewed by Agmar Rios on 11/29/2016 08:40:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário